Início Desporto Informação de última hora: Sérgio Conceição

Informação de última hora: Sérgio Conceição

507
0
COMPARTILHE

Sérgio Conceição e o último jogo: “O meu sentimento é exactamente o mesmo, as palavras ditas…”

O que esperar de um Aves com novo treinador

“Nós vamos jogar contra equipas que não fizeram a jornada tripla e um dos nossos rivais vai jogar a segunda vez em casa. Não sei se é o mais apropriado mas isso, naquilo que diz respeito ao jogo e depois de começar o jogo, não interfere minimamente no nosso trabalho. Sabemos que a equipa do Aves é uma equipa que trocou de treinador, com jogadores diferentes, modelos diferentes. é uma equipa que anda à procura de pontos e temos de estar atentos a isso, arranjar a melhor estratégia para este jogo”

Se ganhar ultrapassa a média de José Mourinho

“Fico contente só pela vitoria. Essas estatísticas a mim dizem-me pouco, tenho dito varias vezes isso. É importante amanhã ganharmos que coincide com esse numero e se Deus quiser terei mais números para ultrapassar”

Declarações no final do jogo com o Marítimo, relação com adeptos

“Aquilo que aconteceu no último jogo já foi falado entre nós. O meu sentimento é exactamente o mesmo, as palavras ditas… Não saiu aquilo que eu queria que tivesse saído. Em relação ao jogo, o mesmo sentimento. Os adeptos são absolutamente essenciais para os sucesso do clube são eles que fazem a grandeza do clube. Sinto que desde que cheguei aqui que no Dragão sou muito acarinhado pelos adeptos”

Os responsáveis pelo pouco tempo útil

“O José Couceiro no ano passado promoveu uma reunião de treinadores e um dos assuntos foi esse. Houve alguma discordância entre aquilo que eram as principais razões para que isso acontecesse. Alguns treinadores falavam do estado do terreno, outros da arbitragem, os árbitros conduzem os jogos, são fundamentais. As equipas podem usar as armas que têm, não há nada a dizer, mas cabe aos árbitros dar o tempo necessário. Houve a estratégia de alguns treinadores. É uma reflexão que temos de fazer, mas eu não posso dizer que há um único facto que faz com que a nossa liga seja das ultimas entre 30 a ter menos tempo útil de jogo e eu já senti isso na pele, no tempo que estou aqui no FC Porto e o quão prejudicial é jogar com equipas que jogam assim. Em muitos jogos, joga-se menos que uma parte, é incrível. É um reflexão que todos têm de ter”

A ausência de Marega

“O Marega não tem estado nas convocatórias, no fundo para o poupar, para não o perdermos por muito tempo. Tem limitações físicas, não é nada de grave. É uma questão de dias, não tem entrado nas contas por isso. Se virem os últimos 10, 12 minutos frente ao Rangers o Marega queixou-se de uma lesão”

Um onze a pensar no Rangers

“Não. Acho que nenhum treinador no mundo prepara dois jogos ao mesmo tempo, não sabemos o que acontece no jogo. A escolha do onze é o melhor onze em função da estratégia para ganhar ao Aves. Todos os jogos são importantes, todos os jogos são para ganhar. Nós estamos sempre pressionados para ganhar”

Alex Telles

“O Alex vai estar convocado, faz parte do lote de 22 convocados, Quem estiver melhor e eu achar que deve jogar, joga”

Usou estratégias que prejudicassem o tempo de jogo

“Eu nunca disse que eu usava estratégias para diminuir o tempo de jogo. Nunca na minha vida! Muitos jogadores passaram pelas minhas mãos e não há um que possa dizer que o mister mandou perder tempo. Já fui foi obrigado por adversários maiores quase a defender dentro da baliza, mas eu posso estar a defender em bloco baixo e a circulação de bola ser alta”

Teme que o Aves que use essa estratégia

“Acredito que as equipas adotem a estratégia que entendem e que devem adotar. Aquilo que quero dizer é que os treinadores são livres de planearem o jogo da forma que quiserem. Eu tenho a responsabilidade de arranjar estratégias para fazer golos e não sofrer. Estamos preparados para blocos baixos do adversário, para situações que nos façam andar de forma diferente no jogo”

COMPARTILHE