Início Desporto REVOLUÇÃO NO BENFICA: Mais cortes e menos reforços milionários

REVOLUÇÃO NO BENFICA: Mais cortes e menos reforços milionários

202
0

O Benfica já está a preparar a próxima temporada e algo que parece uma certeza é que o investimento vai baixar drasticamente, depois de se ter gasto mais de 100 milhões de euros no início desta época.

Luís Filipe Vieira, com o acordo do administrador-executivo, Domingos Soares Oliveira, do vice-presidente para o futebol, Rui Costa, e do treinador, Jorge Jesus, decidiram que o plantel terá que ser bem gerido e não haverá investimentos avultados no reforço da equipa.

Não haverá nenhuma contratação de 20 milhões de euros como o exemplo de Darwin Nunez e alguns contratos vão ser revistos com vista a “apertar o cinto”.

Jan Vertonghen, Nicolas Otamendi e Everton Cebolinha, ou em jovens com alguma projeção, casos de Darwin Nunez e Luca Waldschmidt, devem baixar os seus salários.

A não entrada na Liga dos Campeões na época que está em curso e o risco de falhar o segundo lugar do campeonato levam a que a administração da SAD tenha que realizar vendas no valor de 50 milhões de euros para equilibrar as contas do clube da Luz.