Início Tecnologias “Benfica goza e o país deixa-se gozar. Benfica é fator de atraso...

“Benfica goza e o país deixa-se gozar. Benfica é fator de atraso do país”

749
0

José Fernando Rio contra o Benfica: ‘É triste, é ridículo e demonstra aquilo que o nosso país ainda é’

José Fernando Rio foi adversário de Pinto da Costa nas últimas eleições do clube. O antigo comentador da Porto Canal não conseguiu destronar o histórico líder portista, mas continua sempre muito atento aos interesses do FC Porto.

Em declarações no Portal dos Dragões, José Fernando Rio atirou-se contra o Benfica, a respeito deste processo e-Toupeira. Em causa, um novo adiamento de sessões, porque… jogava o Benfica. O Tribunal deixou de ouvir algumas testemunhas e, de acordo com a revista Sábado, tal aconteceu por coincidir com o dia de jogo na Luz.

Para José Fernando Rio, o Benfica continua a gozar com todo o país, mesmo com as questões judiciais. “É triste, é ridículo e demonstra aquilo que o nosso país ainda é”, atirou o antigo candidato à presidência do FC Porto.

“Já foram ouvidas várias testemunhas e arguidos e a verdade é que havia mais uma sessão do processo e-Toupeira e a maior parte das testemunhas faltou ao julgamento alegando que era dia de jogo do Benfica e tinham que ir ver o jogo do Benfica e não podiam comparecer perante o tribunal para prestarem o seu depoimento.

O pior não é as pessoas acharem que ir ao jogo do Benfica é uma justificação para faltar a uma audiência no tribunal. O problema é que, pelos vistos, o tribunal aceitou essa justificação e dispensou as testemunhas. O Benfica goza com o país e o país deixa-se gozar. É triste mas é verdade. Bem, não interessa. Eu considero que o fator Benfica é um fator de atraso do país mas não é conversa para este programa.

Queria chamar apenas a atenção para este facto. Isto é ridículo. As testemunhas têm uma audiência marcada em tribunal e faltam alegando que há jogo na Luz e não podem estar presentes e o tribunal aceita essa justificação como sendo válida”, disse, entre sorrisos plenos de ironia, José Fernando Rio.

O antigo comentador da Porto Canal também lamenta que o Benfica se tenha conseguido dissociar da ligação com Paulo Gonçalves e continue a passar entre os pingos da chuva, neste processo: “A justiça com grande clarividência conseguiu ver que não havia ligação entre Paulo Gonçalves e o Benfica quando toda a gente consegue ver e sabem que o Paulo Gonçalves era dirigente do Benfica. A justiça colocou a venda e foi mesmo cega e não conseguiu ver”.