Início Mundo Marinheiro ucraniano tentou afundar iate de luxo do chefe russo em Maiorca

Marinheiro ucraniano tentou afundar iate de luxo do chefe russo em Maiorca

1491
0

Um marinheiro ucraniano foi detido pela Guarda Civil, em Maiorca, este sábado. O homem, de 55 anos, está acusado de afundar parcialmente um iate de luxo, Lady Anastasia, avaliado em cerca de 7 milhões de euros e que tem a sua base de operações em Port Adriano, em Calvià.

O ucraniano, D.Taras O., trabalhava no navio Lady Anastasia há cerca de dez anos, um barco que é de um oligarca russo, Alexander Mijeev. Este milionário russo foi chefe da corporação russa de helicópteros militares e é agora proprietário de uma empresa que vende armas. Ou seja, um dos responsáveis pelo armamento com que a Rússia está a invadir a Ucrânia, de acordo com o detido.

Este ucraniano decidiu vingar-se, quando viu um míssil russo atingir um bloco de apartamentos com civis ucranianos. “A ogiva não explodiu, mas mais de cinco andares ainda foram destruídos”, explicou ele ao juiz, como justificação da sua fúria. No entanto, antes de atentar contra o navio de luxo, este marinheiro certificou-se que seriam apenas danos materiais e nunca pessoais.

Ele pediu aos tripulantes que deixassem o iate e iniciou o processo para afundar o iate, mas antes, fechou as válvulas do combustível, para que não houvesse vazamento de poluentes para o mar. Quando a polícia chegou, o homem defendeu-se: “O dono deste navio é um criminoso que ganha a vida a vender armas e agora elas matam ucranianos”.

D. Taras O. foi presente a juiz, que o deixou em liberdade, mas vai responder pelo incidente. Ele diz ter sido por vingança contra o dono do iate e revelou ainda muitos cuidados para que mais ninguém saísse lesado, o que poderá favorecê-lo no processo na Justiça. 

Artigo anteriorUcrânia tenta ‘comprar’ soldados russos com proposta incrível
Próximo artigoTentaram assassinar o presidente Volodymyr Zelensky