Tecnologias

Faleceu jornalista da RTP Jorge Almeida. Tinha 49 anos

Faleceu o jornalista da RTP, Jorge Almeida, vítima de doença prolongada, com apenas 49 anos. Vários colegas recordaram Jorge Almeida, nas redes sociais. 

Fátima Campos Ferreira: “Pertence a uma certa escola de Jornalismo. Aquela que honra a sua profissão , pelo rigor e pela escrita articulada. Chega sempre de mansinho, quase para não darmos por ele. No diálogo é cuidadoso, educado, e quase pede desculpa para se explicar. É meu colega , fez parte da minha equipa no Pros& Contras , mas tem um largo percurso como grande Repórter. Ganhou prémios , escreveu livros , e sei que viveu apaixonado pelos filhos. Um dia, desfez-se em lágrimas porque não conseguia continuar a apoiar me, estava doente , mas sabia que iria fazer falta. Quando terminamos a jornada, deu – me um abraço, e sem mais, agradeceu- me o caminho que fizemos juntos. Era assim este querido colega. Honrou o serviço público nos seus trabalhos , foi correto e cumpridor. Jorge , no lugar para onde partiste, com a minha vénia e admiração, recebe um abraço amigo , e a certeza de que não te esqueço. Tinha 49 anos”.

Carla Trafaria, apresentadora do Bom dia Portugal: “Uma tarde triste. Um colega de trabalho do qual nos temos de despedir muito antes do que era suposto. A vida é assim, mas é injusta. Deveríamos aproveitar cada minuto, porque é apenas um esboço”.

Helder Marques Sousa, jornalista da RTP: “Conheci o Jorge Almeida em 1997, no curso de admissão à RTP. Eu era dos mais verdes, ele dos mais batidos, já tinha família, tinha estado na TVI e até fazia médias e grandes reportagens. Modesto, calmo e simpático. Hoje soube que partiu inesperadamente, que injustiça, gozem a vida enquanto podem”.

António Esteves, pivô da RTP3: “Hoje é um dia muito triste, despediu-se de nós um Príncipe do jornalismo, um dos grandes, uma pessoa de educação extrema e de rara sensibilidade. Descansa em paz, querido Jorge Almeida. A família RTP fica ainda mais pobre. Sentimentos à família e aos amigos, principalmente aos dois filhos que ele adorava”. 

Daniela Santiago, antiga correspondente em Madrid: “Ainda não consigo acreditar. Parte um de nós, família RTP. Entrámos no mesmo dia para os quadros da empresa. Descansa em paz Jorge. Que teu trabalho, a tua voz, única, simpatia… são eternos”.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo