Noticias

Moradora de Alvaiázere conta pânico vivido em incêndio que ameaça várias casas: “É um inferno”

O incêndio que deflagrou hoje na freguesia da Caranguejeira, no concelho de Leiria, obrigou ao corte da autoestrada 1 em ambos os sentidos

As temperaturas altas que se fazem em Portugal já começaram a ter consequências. Nos últimos dias deflagraram vários incêndios, de Norte a Sul do País, com centenas de bombeiros a serem mobilizados para o combate às chamas. Portugal está até 15 de julho em Situação de Contingência.

No entanto, e tal como já indicou o Ministério da Administração Interna (MAI), poderá “ser prolongada caso seja necessário” e “não exclui a adoção de outras medidas que possam resultar da permanente monitorização da situação”.

“Esta declaração resulta da elevação do estado de alerta especial da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil [ANEPC], em função do agravamento das previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera [IPMA], com grande parte do território continental nos níveis elevado, muito elevado e máximo de risco de incêndio. Considera ainda o esforço que impende sobre o dispositivo operacional e a necessidade de serem adotadas medidas preventivas e especiais de reação face ao risco”, de acordo com uma nota do MAI divulgada no domingo.

Uma moradora foi entrevistada pela jornalista da CMTV e disse: “Eu moro mesmo aqui e estou em pânico. Já me tiraram o carro da garagem com medo do incêndio. Andei a regar o telhado e limpei o mato à volta para não ter problemas. É um inferno, aqui é completamente um inferno”.

“Tenho aqui uns furos e utilizamos a água para tentar evitar o fogo. Tentamos ajudar os vizinhos e eles fazem o mesmo mas o fogo estava lá do outro lado mas agora virou para aqui”.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo