Noticias

“Tragédia”: Carro da GNR apanhado pelas chamas em Vila Pouca de Aguiar

Mais um acidente grave causado por estes incêndios, em Vila Pouca de Aguiar. Felizmente, não houve feridos a registar, mas há a lamentar a perda de um carro da GNR. Uma viatura pesada, que estava a ser usada no combate aos incêndios pela GNR foi apanhada pelas chamas, ao final do dia desta segunda-feira, 18 de julho.

A velocidade das chamas não deixou tempo suficiente aos militares da GNR, para retirarem o veículo que, desta forma, foi destruído pelo fogo, em Vales, Vila Pica de Aguiar.

“Uma viatura pesada de combate a incêndios, da Companhia de Ataque Estendido (CATE) de Aveiro, da Unidade de Emergência de Proteção e Socorro (UEPS), encontrava-se a posicionar os seus meios para iniciar trabalhos no teatro de operações de Vales, em Vila Pouca de Aguiar, Vila Real, quando foi atingida pelo fogo. Tal deveu-se a alterações repentinas das condições meteorológicas que, juntamente com a forte intensidade do incêndio, fez deslocar a frente do incêndio na direção da viatura que já estava posicionada”, revelou a GNR, em declarações à Agência LUSA.

Portanto, a “velocidade da propagação” do fogo não deu outra opção aos militares da GNR, do que abandonar o veículo “para salvaguardar a sua integridade física”. Felizmente, os militares conseguiram escapar ilesos deste acidente e, quando perceberam que não tinham tempo de retirar o veículo do caminho das chamas, zelaram pelas próprias vidas e retiraram-se.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo