Noticias

Judite Sousa conta porque deixou a CNN Portugal

A polémica saída de Judite Sousa da CNN Portugal parece que ainda vai continuar a dar que falar. A jornalista anunciou que denunciou o contrato e que estava fora deste projeto, para onde voltou há alguns meses, após ser convidada para fazer a abertura da CNN Portugal.

Porém, apesar dessa honra, a passagem de Judite pelo canal poderia não ter sido assim tão positiva. Em declarações à revista TV 7 Dias, a jornalista contou mais detalhes sobre o que aconteceu. Isto depois de ter feito um comunicado no seu Instagram, onde confirmou que foi para a guerra na Ucrânia sem contrato, sem dinheiro e sem seguro de saúde.

Nuno Santos revidou e disse que Judite estava de baixa e que voltaria agora em agosto. Judite diz que não vai voltar e que pediu ao seu advogado, em junho, que “contactasse por e-mail o advogado da Media Capital e que lhe comunicasse a minha intenção de rescindir o contrato”.

Porém, a jornalista rejeita que saiu por questões de saúde. “Não tem que ver com razões de saúde. Todas as notícias que saíram relacionando o meu estado de saúde com o oitavo aniversário da morte do meu filho são especulativas. Não fiquei doente pelo facto de junho ser um mês particularmente difícil para mim. O meu filho morreu há oito anos, não morreu há um mês”, começou por dizer Judite, antes de explicar porque quis sair.

“Porque não estava feliz. Porque tinham acontecido vários eventos que me causaram sofrimento psicológico. Os acontecimentos que vieram a público são apenas alguns, não todos… Decorreu da circunstância de eu perceber que o meu regresso à Media Capital não era desejado por alguns sectores da empresa, dadas as circunstâncias em que saíra há três anos”, alega agora a jornalista, num caso que parece que vai dar ainda muito que falar.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo