Noticias

Doe e lágrimas: Emigrante português de 33 anos morre na Suíça

Um emigrante português morreu na Suíça, na manhã desta terça-feira, 22 de novembro. O homem, de 33 anos, não resistiu a um acidente, que poderá ter sido provocado pela neve. O veículo onde este emigrante português circulava terá derrapado na neve, antes de chocar contra uma carrinha.

O violento impacto revelou-se fatal para este português que, segundo o Jornal de Notícias, era natural de Sintra e chamava-se Renato Ramos. A polícia está ainda a investigar o acidente, uma vez que dele resultou uma vítima mortal. Também já estão a ser revelados detalhes sobre as cerimónias fúnebres deste português que vivia na Suíça.

Ainda sobre o acidente, Renato Ramos conduzia às 6h45 da manhã de terça-feira, no município de Lenzerheide, numa estrada principal e seguia em direção a Valbella, quando perdeu o controlo do veículo e foi embater contra uma carrinha postal, de acordo com as informações que a imprensa suíça já pode recolher. Este acidente está a ser investigado pela polícia de Graubünden, depois do óbito do jovem português ter sido declarado ainda no local do acidente.

De acordo com o Jornal de Notícias, já foram tratados os trâmites legais com os responsáveis suíços e o corpo de Renato será transladado para Portugal já esta sexta-feira, 25 de novembro, onde ficará em câmara ardente na igreja de Algueirão Mem-Martins (Sintra), no sábado.

O corpo de Renato Ramos será cremado pelas 16 horas deste sábado, 26, no crematório de Rio de Mouro. Está ainda prevista uma homenagem ao português, com o lançamento de balões na praia de São Julião, após concluídas as cerimónias fúnebres.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo